LATTOOG, mais do que a fusão entre os nomes dos sócios, o arquiteto Leonardo Lattavo e o designer Pedro Moog, é a proposta de uma experiência inovadora em design e arquitetura, marcada pela pluralidade de duas formações diferentes, mas complementares. O que entre 1998 e 2003 era apenas um hobby, um exercício de criatividade que se inseria nas atividades artísticas da dupla, – que incluíam também pintura, escultura e desenho –, torna-se oficialmente, em 2004, sua principal ocupação.

Os produtos Lattoog têm o mérito de aliar o racionalismo das tecnologias de ponta à intuição, poética e subjetividade dos objetos de arte. O resultado: peças funcionais com linhas harmônicas, ora orgânicas e sinuosas, ora geométricas e rascantes. Utilizando elementos valiosos à nossa cultura, como tacos de madeira, azulejos estampados, gradis das casas de subúrbio, e os grafismos dos calçadões de pedra portuguesa, a Lattoog abre caminho em direção à internacionalização do design brasileiro sem perder sua ginga carioca.

Um movimento similar ao conceito de “antropofagia cultural” de Oswald de Andrade, impulsiona os criadores Lattavo e Moog. As influências externas, longe de serem negadas, são “devoradas e transformadas em cultura brasileira e revolucionária”. No processo criativo, o desenho a mão é a base principal de quase todos os móveis da empresa, apoiada por experimentações em chão-de-fábrica e uso de diversas tecnologias digitais. Como define Leonardo: “não somos especializados em marcenaria, metalurgia ou estofaria, somos especializados em bom desenho e boas ideias”.

Mesa Slice

Pautada pela dualidade, a mesa Slice explora conceitos contrários para criar suas formas. Ela está presente principalmente em seus pés, que formam um x e dão origem a esta contradição conceitual. Leveza e robustez, simplicidade e complexidade, esculturalidade e funcionalidade fazem com a peça possa ser usada tanto em salas de jantar quanto em salas de reunião. Quem adora a sofisticação de detalhes terá a mesa Slice entre as suas preferidas.


Mesa board

Uma peça capaz de estabelecer um diálogo entre o presente e o passado, abordando memórias afetivas. O futuro encontra diferentes tempos na mesa de jantar Board, que articula a palhinha indiana, presente nas nossas lembranças de família, com estrutura de formas contemporâneas. Fãs da combinação de formas modernas com elementos tradicionais têm a mesa Board como opção, tanto para sala de jantar, espaços comerciais e corporativos.

siga e escute
nosso podcast
com os assuntos
mais plurais
da temporada

Envie seu e-mail
e receba o
catálogo virtual


    Acesse a
    playlist da
    coleção para
    deixar seu
    dia mais plural